Antonia Nery Vanti -  Poeta Vyrena

Lembranças são janelas do passado, que se abrem para o presente.

Textos


Minha caminhada

Enfrentei estradas pedregosas,
andei por jardins floridos.
Sofria, mas logo tudo mudava.
Os caminhos que num dia me fizeram sofrer,
no outro eram benignos para meu viver.
Vi nuvens negras a meu redor,
também vi o sol que brilhava, tornando tudo melhor.
Vi o mundo se transformando ,os costumes mudando.
Nada foi sempre igual.
Já andei muitas léguas nesse meu caminhar.
Muitas lágrimas rolaram por minha face,
ao ver a miséria nas ruas, a dor nos rostos,
precocemente envelhecidos.
Mas sempre tive fé, esperança de melhores tempos.
Essa esperança, essa fé hão de acompanhar-me
até o fim de meus dias.
Quem sabe, antes de fechar para sempre meus olhos,
verei espalhadas pelo mundo a fartura, a bonança ,
a felicidade, a honestidade, a alegria...
Aí sim, tudo que passei, teria valido pena...
Partiria daqui com um sorriso de felicidade
iluminando-me a face...

 
Antonia Nery Vanti (Vyrena)
Direitos autorais reservados®
Imagem do Google
29-04-2021
 
 
 
 
Antonia NeryVanti (Vyrena)
Enviado por Antonia NeryVanti (Vyrena) em 29/04/2021
Alterado em 29/04/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras